O novo conceito de infância

É preocupante o quanto as crianças estão deixando de serem crianças propriamente ditas para tornarem-se mini-adolescentes. Parece que de uma hora para outra as cantigas-de-roda, amarelinhas, pique-esconde, 7 pedras e enfim foram substituídos por Playstations, Xboxes, Nintendos e Computadores. Cada vez mais as crianças estão deixando de interagir com amiguinhos da rua, prédio ou condomínio para enfurnarem-se em casa em frente a um eletrônico.


O velho dito “Criança é tamanco são debaixo do banco” perdeu-se por aí, pois agora aparentemente elas que mandam e exigem o que querem; e ganham. Não entra em minha cabeça a utilidade de um celular, por exemplo, para crianças de 6 a 9 anos. Sendo que jogar não conta. Quando eu tinha essa idade nem sequer existia celular, e aqui estou, viva, sem ter sido seqüestrada por algum maníaco que oferece balinhas, pois era obrigação dos meus pais saber onde e com quem eu estava (na maioria das vezes junto com eles). Mas hoje não, as crianças têm uma liberdade gigantesca (proporcional à idade) de serem deixadas e depois pegas em festa de coleguinhas, cujas músicas foram substituídas por funk.

As velhas cantigas “Ciranda cirandinha”, “Fui no tororó beber água não achei...”, “Atirei o pau no gato”, “A canoa virou...” já estão em estado terminal, a tendência é serem lembradas somente pelos que fizeram parte “dessa época”. É a modernidade encontrando os pequenos.

Inclusive os desenhos mais “bobinhos” como “Ursinhos Carinhosos”, “O fantástico mundo de Bobby”, “Corrida Maluca”, “Zé colméia”, “Pink e Cérebro”, tiveram que ceder espaço para desenhos japoneses nos quais o protagonista tem superpoderes (ou algum gadget milagroso) e luta contra uma legião de vilões. São todos iguais.

A tendência é que a infância como conhecíamos suma gradativamente, chegando a um ponto que só distinguiremos crianças de adolescentes pelo tamanho. 

21 comentários:

  1. Lenivaldo Silva disse...:

    Sempre pensei assim Victória.
    As cantigas de roda hoje são lembradas apenas em festivais de folclore, ou algo do tipo. Algo que não mais será resgatado. Já tratei muito sobre esse assunto lá no meu blog, e coincidentemente, escrevi essa semana um post sobre não deixar morrar a criança que existe dentro de nós. Não é sobre abandonar os costumes,é sobre não perder a doçura.
    Se quiser dar uma passadinha lá, fique a vontade.
    Um forte abraço.

    http://blogdolenivaldo.blogspot.com

  1. barbaranonato disse...:

    As brincadeiras de infância ficaram mesmo pra antigamente... Ninguém brinca mais de roda ou pião; crianças de hoje só conhecem os eletrônicos, infelizmente.
    Eu, particularmente, me irrito muito com mini-adultos, aquelas crianças que insistem em parecer grandes e agem como se fossem adultos sem ter noção do quanto de vida estão desperdiçando. Conheço várias assim e isso é reflexo da educação que recebem. Infelizmente, parece que é isso que a infância virou...

  1. Monique disse...:

    Faço das palavras as minhas.
    Os pimpolhos têm celular ultra tecnológico e telescópio 214mm toya skyview 900114THB, e assistem a filmes de Hollywood com alto teor sexual e sei lá mais o quê - sem falar nos baralhos modernos que eles chamam de música. E ainda há uns que alegam sermos "bregas", afinal são mais maduros que nós, né? O pior é que devem ser.
    O Lenivaldo fez um post muito bom no blog dele sobre um tema semelhante, creio que você vai gostar.

  1. gamer disse...:

    pioor que é verdade,tem coisas que passam na tv em certos horarios que a grande maioria das crianças estao acordadas,e sem falar nos video games q quanto mais violentos mais sucesso ele faz

    http://diariodealunos.blogspot.com/

  1. Indianara disse...:

    Realmente, não existe mais infancia.
    As crianças se tornam adultas muito rapido, parece que nem a adolescencia existe mais.
    vou seguir seu blog, depois passa no meu.
    beijo :*

  1. Muito bom o seu texto, mas me desculpe o que mais gostei foi na página inicial de seu blog, na parte superior, uma caixa como se fosse em flash com imagens passando, gostaria de fazer algo desse tipo em meu site, mas não sei como fazer...
    Parabéns pelo site.

  1. Lais Cristina disse...:

    Ótimo blog, parabéns! Seguindo *-*

  1. Jeniffer Haddad disse...:

    As crianças estão assim por causa da sociedade da qual convivem. Culpa da mídia. Nos Filmes e novelas, mostram uma certa ''independência" infantil sobre os pais. Que dizer, os adultos ensinam a meninada que viver como criança é ruim, e na verdade não é. Temos que mudar a base da educação que a mídia passa para nossos filhos.

  1. Italo Hess disse...:

    Quando vc citou "XBOXES PLAYSTATIONS NINTENDOS" vc simplismente resumiu minha infancia fanatica por games
    rsrsr
    Abraços

  1. Ravi Barros disse...:

    Realmente a infância anda meio perdida esses tempos, li um post essa semana de uma mãe que dizia que quem não tem filho nunca saberá o quão bom é ter um filho que fica em casa o dia inteiro no play, e que com a violência de hoje, não dá pra eles saírem pra brincar de pipa - mesmo porque as pessoas precisam dos seus pescoços para sobreviverem. sem contar que nem sair na porta de casa hoje é mais seguro... concordo com ela... pelo menos estão seguros dentro de casa.

  1. FILhote disse...:

    eh verdade
    eu vejo isso todos os dias con
    a minha sobrinha de 6 anos
    lembro que todas as vezes que
    voltamos de ferias a primira coisa que
    tinhamos na escola era a redação con o tema
    "Minhas ferias" e lah a gente escrevia que
    tinhamos soltado pipa, brinca do pique, jogado futebol...
    fico imaginando as crianças d hj
    "minhas Ferias" entrei no orkut,
    postei fotos no Facebook e Twittei muito
    tudo isso sen sair do msn
    rsrsrsrs

  1. É,
    o conceito de infância inocente como antigamente etá se perdendo.
    Uma pena,pois, é nainfância influencia em tudo o que somos!

  1. Mundo do Samuka disse...:

    muito bom postagem.. no meu blog também tem uma postagem sobre o mesmo tema..

    http://mundodosamuka.blogspot.com/2010/10/banalizacao-da-infancia.html

  1. Baixar tudo disse...:

    hoje em dia nao da mais pra controlar as coisas e quem perde com isso sao as crianças

    http://planetahuumor.blogspot.com/

  1. Moleza disse...:

    seu blog me deixou com vontde de voltar no tempo "snif snif...."
    mais é isso aí :)

  1. Karen disse...:

    Olha, impressionante! Vc escreve objetivamente e se expressa muito bem. Adorei, tô seguindo, tá?! e se quiser, fique à vontade para ir ao meu blog e retirar o selo blog de ouro 2011. Bjokas!

  1. J.R. disse...:

    Eu fico espantado ao ver meninas de 6 ou 7 anos já se maquiando, colcoando salto alto e vestindo roupas inadequadas para a idade!!! Ouvi alguém dizendo que daqui a pouco a adolescência vai passar a começar a partir dos 6 anos! O mundo está de cabeça para baixo.

  1. Dougs disse...:

    é verdade..a infancia mudou muito.....

    eu trabalho em loja de aparelhos eletronicos (video-games e coisas do tipo) e tem MUITAS crianças que ficam o dia inteiro jogando la...inclusive com o apoio das mães......



    muito bom seu blog....se der depois da uma passada no meu www.lhamapsicotica.blogspot.com

  1. Charles K. disse...:

    O mundo mudou muito em muito pouco tempo, cidades cresceram, tecnologias foram desenvolvidas, pessoas começaram a ter acesso a mais coisas em nosso país, e realmente acho que esse é um processo que não da mais para evitar, mas que dá para ser contornado com auxilio de pais e pessoas relacionadas com a educação, afim de ensinar nossos pequenos a usar o computador e a tv de forma correta e educativa, pois todos sabemos que temos duas opções ao entrar na internet... ir direto ao msn ou buscar algo interessante como ler seu blog e criar pensamentos a respeito de um tema...

  1. Rubi disse...:

    Eu me sinto feliz por ter passado minha infância brincando de boneca, barbie, casinha, amarelinha. Na minha época, até tinha computador e video game, mas as condições me impediam de comprar. Hoje, tendo isso tudo, vez ou outra me pego brincando com as coisas HAHAHA *-*

    Sinto falta :/

  1. Rosana Brito disse...:

    Nossa adoreei
    Pura realidade , só saberemos distingui-las pelo tamanho , e do jeito que as coisas vão caminhando tende a piorar né .
    Uma o que está aconetcendo :s , era bom qando brincadeiras caseiras e etc faziam parte da diversão da criançada .
    Pena os pais não se concientizarem disso né ? Boa sorte a esses entãao ;)
    Segue o meu de volta ?
    www.arealidadedecadaum.blogspot.com/

Postar um comentário

"Faça com que suas palavras sejam melhores que o silêncio."

 
Nexos e Reflexos © 2010 | Designed by 1,2,3,4 Modificado por Victória Andressa.